Home» Sala de Imprensa » Balanço financeiro de 2017: Grupo CEEE evolui nos resultados positivos

27/03/2018

Balanço financeiro de 2017: Grupo CEEE evolui nos resultados positivos

Consolidando a tendência de recuperação da Companhia, a Direção do Grupo CEEE apresentou ontem o resultado financeiro de suas empresas em 2017. Os principais destaques são a redução de 83% no prejuízo na CEEE Distribuição e o lucro líquido na CEEE Geração e Transmissão.

A CEEE Distribuição reduziu o prejuízo líquido para R$ 87,5 milhões, frente aos R$ 527,1 milhões registrados em 2016. Outro resultado comemorado foi o alcance do Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) regulatório. A Aneel definiu o esse indicador como condicionante à manutenção da concessão das distribuidoras: entre 2016 e 2020, as empresas não podem apresentar dois resultados negativos consecutivos. A CEEE Distribuição atingiu, em 2017, resultado positivo em R$ 138,8 milhões, 119% acima do registrado no ano anterior.

Entre as ações para alcançar estes números, a Diretoria destacou a contabilização da dação do imóvel onde está a sede da Companhia em pagamento à CEEE-GT (uma transação de R$ 283,3 milhões), a adesão ao Programa de Regularização Tributária (PRT) e ao Programa de Regularização Especial Tributária (Pert), com impacto de R$ 334,7 milhões, e a redução de 32% nos custos operacionais - de R$ 1,1 bilhão em 2016 para R$ 751 milhões no ano passado.

Já na CEEE Geração e Transmissão, tanto o resultado líquido quanto o Ebitda se mantiveram positivos. A empresa registrou lucro líquido de R$ 395 milhões, valor 57% menor que no exercício anterior quando foi contabilizado o reconhecimento integral da indenização dos ativos da transmissão referentes à RBSE (Rede Básica do Sistema Elétrico) não amortizados quando da renovação da concessão. O Ebitda alcançou R$ 367,7 milhões, 69% abaixo do R$ 1,1 bilhão de 2016, fortemente impactados pela RBSE. Mesmo excluindo os efeitos daquela indenização no balanço deste ano, o Ebitda permanece positivo em mais de R$ 329 milhões. As principais influências sobre os resultados foram o reconhecimento do risco hidrológico (GSF) com R$ 187,3 milhões e a reversão de perda de valor recuperável no ativo financeiro da CEEE Geração e Transmissão em R$ 299,2 milhões.

Fonte: Letícia Jardim (texto e foto)

Grupo CEEE

Todos os direitos reservados ® 2016